Você está em:

Cocais / Caeté

Caminho do Sabarabuçu
O trecho inicia no vilarejo de Cocais, distrito de Barão de Cocais. Fundado em meados do século XVIII, a partir da vinda de bandeirantes em busca do ouro, o lugar conserva traços dessa época, como casarões e igrejas. Uma delas, o Santuário de Santana, foi construída totalmente com pedras e data de 1769. Outro ponto forte do trecho são as cachoeiras da região.   O distrito de Cocais é o entroncamento do Caminho dos Diamantes com o do Sabarabuçu. Por causa disso, no começo do trecho, o viajante encontra três marcos que fazem parte do Caminho dos Diamantes. O viajante deve estar atento.   O último marco do Caminho dos Diamantes, que é possível ver no trecho Cocais a Caeté, encontra-se no Km 1,5 da planilha. Por ser numa bifurcação o viajante deve ter atenção à planilha para não errar o caminho. O primeiro marco do Caminho do Sabarabuçu está no Km 1,6 da planilha.   A distância de 39,5 Km do trecho é umas das dificuldades para o viajante. As subidas, principalmente entre os Km 13 a 17, também exigem um esforço maior. Em contrapartida, o bom estado de conservação da estrada, somado a algumas áreas sombreadas, torna o trecho de fácil acesso e ajuda a vencer a distância.   A paisagem do trecho é muito bonita, com dois pontos marcantes. O primeiro é a quantidade de eucaliptos que é possível ver durante boa parte do percurso, principalmente entre os Kms 12,33 e 15,33, onde o viajante percorre a Estrada Real dentro do eucaliptal. O outro ponto marcante é a Serra da Piedade ou Serra do Sabarabuçu, como era conhecida pelos antigos bandeirantes, lugar que confere o nome a este Caminho da Estrada Real.   O trecho termina na cidade de Caeté. O local era assim chamado pelos índios, por causa de suas características naturais. Em tupi, a palavra que hoje dá nome a cidade significa “mata virgem” ou “mata densa”. A história da criação de Caeté remete ao ano de 1704. Quatro anos mais tarde, a região foi palco da Guerra dos Emboabas. Após os conflitos, a população de Caeté promoveu as primeiras eleições livres do continente americano.   Os principais atrativos da cidade são as suas construções do século XVIII e XIX, como os casarios, chafarizes e as Igrejas, como a de Nossa Senhora do Bom Sucesso de autoria de Manuel Francisco Lisboa, pai de Aleijadinho, datada de 1764. As cachoeiras e mirantes para passeios também são destaques da região.

INFORMAÇÕES DE TRECHO

Dificuldade Física: Nível 5
Dificuldade TÉCNICA: Nível 5
DISTÂNCIA TOTAL: 40 KM
PRESENÇA DE SOMBRA: NÃO
distância em desciDa: 19 KM
DISTÂNCIA EM SUBIDA: 20 KM
INC. MÉdia das subidas: 5 %
TRECHOS
Os roteiros planilhados oferecem ao turista a possibilidade de percorrer os quatro caminhos de acordo com sua disponibilidade.
Aqui você encontra todas as direções que deverão ser tomadas no percurso, com base nos marcos da Estrada Real. Boa Viagem!
DOWNLOAD ALTIMETRIA
Compartilhe esta página: